sexta-feira, 22 de junho de 2018

Encontrão dos COMIPAs da Arquidiocese de Olinda e Recife, acontece dia 21 de julho






Como já exorta o doc. de Aparecida, “todos os batizados são chamados a ser discípulos missionários de Jesus Cristo, Caminho, Verdade e Vida, para que nossos povos tenham vida Nele.” Com o objetivo de promover um momento de partilha das experiências da animação missionária nos Vicariatos da Arquidiocese de Olinda e Recife (AOR), no próximo dia 21 de julho, acontece o “Encontrão dos COMIPAs” que reúne os conselhos missionários paroquiais, integrantes da Juventude Missionária e da Infância e Adolescência Missionária presentes em nossa arquidiocese. O evento é promovido pelo Conselho Missionário Arquidiocesano e acontecerá no Centro de Pastoral Dom Vital – Várzea, de 07h às 12h.  
Serviço:
Encontrão dos COMIPAs da Arquidiocese de Olinda e Recife
Local: Centro de Pastoral Dom Vital – Várzea
Dia: 21 de julho de 2018
Horário: 07h às 12h


quinta-feira, 21 de junho de 2018

Imagem de Nossa Senhora Divina Pastora, chega dia 10 ao vicariato Cabo





No próximo dia 10 de julho, o vicariato Cabo acolhe a Imagem de Nossa Senhora Divina Pastora, o evento é promovido pela Comissão de Pastoral para os Ministérios Ordenados e Vida Consagrada do Vicariato Cabo representada pelo Pe. Adailton Moura, que irá reunir todas as paróquias da região episcopal para acolher a querida imagem que percorrerá todas as paróquias com o objetivo de rezar pelas vocações. O local da acolhida será a Igreja Matriz de São José Operário, na Vila Social – Cabo, com a Concelebração Eucarística às 19h.
Conheça mais sobre a história de Nossa Senhora Divina Pastora:
O Título de Divina Pastora teve sua origem na cidade de Sevilha, Espanha. Surgiu a partir de uma ”aparição” de Nossa Senhora naquele local, no dia 8 de dezembro de 1703, data em que se comemora a Natividade da Virgem Mãe de Deus. Sua imagem teria aparecido sentada numa rocha, vestida como pastora num local onde pastavam as ovelhas
Ela traz um cajado na mão, símbolo do pastoreio materno, da mãe que cuida de seus filhos. Inicialmente foi denominada “Virgem de Zagala” (que significa: pastora que cuida de seu rebanho), símbolo de uma mãe amorosa, está, como em toda sua presença na história da salvação, como aquela que colabora e conduz as ovelhas ao seu Filho Jesus, O Divino Pastor. As autoridades eclesiásticas aprovaram o culto à Divina Pastora em 1709, autorizando, assim, a criação de uma Irmandade da Divina Pastora.
 Esta irmandade, baseada na devoção à Nossa Senhora Divina Pastora, conseguiu arrebanhar tantos membros que o próprio Rei quis fazer parte da mesma. Um dos maiores propagadores da devoção à N. Sra. Divina Pastora foi um religioso Capuchinho, chamado Frei Isidoro. O principal santuário da Divina Pastora na América Latina está situado da ilha de Trindade, nas Antilhas. Através dos frades capuchinhos, este título chegou também à Venezuela no ano de 1778, sendo que no Brasil é mais intensamente conhecido no Estado de Sergipe que dedica não só o nome da cidade: DIVINA PASTORA desde 1836, mas também, a belíssima Igreja matriz que traz a sua invocação como padroeira. Das diversas irmandades espalhadas pela Espanha, sobretudo Sevilha, e da comunicação com as mesmas, apresentamos algumas orações do culto desenvolvido durante os séculos em louvor a Nossa Senhora, sob o título de Divina Pastora.
Fonte: http://espacojames.com.br


domingo, 3 de junho de 2018

Paróquia Santo Antônio, celebra 396 anos de Fé



Uma tradição que já soma quase 400 anos de história e devoção ao querido protetor das coisas perdidas, Santo Antônio de Pádua. Desde o ultimo dia 01 de junho, paroquianos e devotos do querido Santo, rendem homenagens por sua fiel intercessão junto a Deus, este ano o tema reflete o protagonismo dos leigos, vivenciando o ano do laicato, “a exemplo de Santo Antônio, levemos a todos a luz do Evangelho”, a festa segue até o dia 13, feriado municipal, onde os cabenses receberão o arcebispo metropolitano e filho da paróquia, Dom Antônio Fernando Saburido, OSB, que às 10h presidirá a Missa Solene em honra de querido padroeiro, somando 396 anos de devoção do povo cabense. Na programação, todas as noites sacerdotes convidados estarão presidindo a Missa em honra do “Doutor Angélico” e logo após a Missa, os participantes contam com um espaço para se confraternizarem em família com o momento cultural, onde artistas da terra se apresentam ao público, que contam com barracas típicas e muita animação.


Confira a Programação:
03/06 (DOMINGO)
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Conselho Pastoral Paroquial, Coroinhas e Dizimistas
Celebrante: Pe. José Romualdo – Adm. da Paróquia Nossa Sra. do Livramento – Arquidiocese da Paraíba /PB

04/06 (SEGUNDA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comunidades: Nossa Senhora do Livramento, Santa Terezinha, São Judas Tadeu, Santa Luzia, Santo Amaro, Nossa Sra. de Fátima, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Sra. de Lourdes.
Celebrante: Pe. Adailton Moura – Vigário Paroquial  da Paróquia São José Operário – Vila Social / Cabo-PE

05/06 (TERÇA-FEIRA)
18h00 – Recitação do Terço.
19h00 – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comunidades: São Miguel, São João Batista, São Francisco, São Benedito, Sant’Ana, Nossa Sra. do Perpétuo Socorro, Nossa Sra. das Mercês, Mãe Rainha e Nossa Sra. da Conceição.
Celebrante: Pe. Tiago Luz – Adm. Paroquial da Paróquia Nossa Sra. Rainha da Paz – Pontezinha /Cabo-PE

06/06 (QUARTA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Animadores de Missão, Juventude Missionária e Infância e Adolescência Missionária. (COMIPA)
Celebrante: Pe. Rogério José – Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho – Ponte dos Carvalhos

07/06 (QUINTA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário.
Celebrante:  Pe. Paulo Augusto – Pároco da Paróquia São José da Boa Esperança – Amaraji-PE

08/06 (SEXTA-FEIRA)
18h– Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Apostolado da Oração, Apostolado da Mãe Rainha, Terço dos Homens e Ministério Eucarístico Jovem.
Celebrante: Pe. Gilson Santos – Adm. Paroquial da Paróquia São José Operário – Vila Social / Cabo-PE

09/06 (SÁBADO)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Irmãs franciscanas do Imaculado Coração de Maria, Ordem Franciscana Secular e Juventude Franciscana.
Celebrante: Pe. Osvaldo Lopes – Adm. Paroquial da Paróquia Cristo Rei – Cohab/ Cabo-PE

10/06 (DOMINGO)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comissão Catequese e Pastoral da Criança, EJC, Crismandos e Voluntários.
Celebrante: Pe. Pedro Jorge – Capelão do IMIP

11/06 (SEGUNDA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Renovação Carismática, Ministério Jovem Fogo Abrasador, Legião de Maria e Vicentinos.
Celebrante: Pe. Lion Santos – Adm. Paróquial da Paróquia Imaculada Conceição e Santo Antônio-Camela/Ipouca-PE

12/06 (TERÇA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Antônios e Antônias e Casais de Namorados.
Celebrante: Pe. José Amaro Neto – Adm. Paroquial da Paróquia de São Miguel Arcanjo – Abreu e Lima-PE

13/06 (QUARTA-FEIRA DIA DA FESTA)
05h – Alvorada Festiva.
10h – Solene Concelebração Eucarística Presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Antônio Fernando Saburido, OSB.
15h – Missa de Encerramento da Festa presidida pelo Pe. José Paulo – Vigário Paroquial da Paróquia Sant’Ana, Santana do Ipanema – Diocese de Palmeira dos Índios –Alagoas-AL.
Logo após, procissão com a Imagem do nosso querido Padroeiro Santo Antônio, percorrendo as principais ruas do Centro da Cidade. Encerrando com a Bênção do Santíssimo Sacramento.

História - A Matriz de Santo Antônio, está situada no início da Rua Vigário João Batista. É evolucionária da primitiva ermida construída no mesmo local, presumidamente entre os anos 1590 a 1595, pelos habitantes do Arraial que, no decurso de 370 anos, tornou-se cidade. Hoje, cidade metropolitana da grande Recife. Em 1621 já era freguesia de Santo Antônio, ano em que seus moradores enviaram petição ao Bispo do Brasil: Dom Marcos Teixeira. A petição foi deferida em 09 de setembro de 1622, com elevação de Paróquia e como padroeiro: Santo Antônio. A provisão nomeando Vigário Paroquial: o Padre Mateus de Souza Uchôa, na mesma data, o qual já exercia a função de capelão. Desde a data da elevação de Paróquia até 1639, o padre Mateus, desempenhou o seu vicariato com dedicação e amor. Ao longo de seus 396 anos, vários sacerdotes exerceram a missão de pastorear o rebanho de Deus, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Atualmente tem como Pároco, Pe. Valdir Bezerra, contando com 17 comunidades, todas em pleno exercício, inserindo grupos, pastorais, movimentos, COMIPA, JM e IAM sendo cada dia mais, uma Igreja em saída.
Fonte: Adalgiza Santos

SERVIÇO
Evento: Festa de Santo Antônio – Padroeiro do Cabo de Santo Agostinho
Data: 01 a 13 de junho de 2018
Local: Igreja Matriz, situada a Rua Vigário João Batista Nº 08 – Centro do Cabo de Santo Agostinho
Telefone: 3521-9933


segunda-feira, 28 de maio de 2018

Infância e Adolescência Missionária da Paróquia Santo Antônio – Cabo, realiza semana de Oração Missionária




Como já exorta o Papa Francisco, “a missão do cristão no mundo é maravilhosa e destinada a todos, é uma missão de serviço, ninguém está excluído; essa requer muita generosidade e, sobretudo, o olhar e o coração dirigidos ao alto, para invocar a ajuda do Senhor.” Em comemoração aos 175 anos de IAM e da 6ª Jornada Nacional, a IAM da paróquia Santo Antônio – Cabo, da arquidiocese de Olinda e Recife, realizou de 21 a 27 de maio, a semana de oração missionária, onde os grupos visitaram as famílias dos bairros São Francisco e Charnequinha. Para a assessora, Ir. Tatiane Silva, a missão trouxe grandes contribuições para as próprias crianças, “seguindo o roteiro nacional, nossas crianças além de sentir mais profundamente em si, o chamado de Jesus para ir e anunciar a Boa Nova, vimos como aprenderam a manusear a Bíblia e refletir com o povo a mensagem de Cristo, como também as crianças aprenderam a manusear o Terço rezando com as famílias.” Já para a mãe, Leidjane Soares, ter seu filho na IAM e vivenciar com ele a semana de oração, foi de crescimento espiritual, “meu filho, Kaio José (07 anos), com a realização da missão, observamos o fervor em seu coração no convite todos os dias em casa para refletirmos juntos a Palavra de Deus”. Dentro da programação, no sábado as crianças e adolescentes realizaram na Capela São Francisco, a Consagração e oferta do confrinho na 6ª Jornada Nacional.
Ir. Josevania Alves

Infância e Adolescência Missionária do Vicariato Cabo, celebra 6ª Jornada Nacional





Muita alegria e ardor missionário, invadiu o coração dos pequenos missionários na manhã deste domingo (27) que foram até a paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho, em Ponte dos Carvalhos para participarem com todas as IAMs do Vicariato Cabo, da celebração da 6ª Jornada Nacional, que este ano teve como tema "Infância e Adolescência Missionária - 175 anos fazendo discípulos missionários para o mundo". Durante a homilia realizada pelo pároco e presidente do COMIDI, Pe. Rogério Silva, o mesmo, lembrou a todos a importância do protagonismo missionário da IAM na Igreja, “Vocês são dádiva na vida das vossas paróquias, parabéns pela coragem de cada um em anunciar a Boa Nova e vamos contagiar outras crianças com nosso ardor missionário, vamos ser essa “Igreja em saída” resgatando não somente crianças para Cristo, mas também famílias”, concluiu o sacerdote. Durante a Celebração as crianças e adolescentes fizeram a consagração, e receberam dos assessores o lencinho e o escuto da IAM, e ofertaram o cofrinho, fruto da oferta das crianças que durante todos os meses levaram sua contribuição e depositaram no cofrinho que será enviado ao Secretariado Nacional da IAM, em Brasília (DF), destinado para as obras dedicadas às crianças e para a evangelização. A Obra da Infância e Adolescência Missionária, tem como finalidade suscitar o espírito missionário universal nas crianças, desenvolvendo-lhes o protagonismo na solidariedade e na evangelização e, por meio delas, em todo o Povo de Deus: "Crianças ajudam e evangelizam crianças". São crianças em favor de outras crianças.

Ir. Josevânia Alves

domingo, 20 de maio de 2018

396ª Festa de Santo Antônio, padroeiro do Cabo será de 01 a 13 de junho







A alegria já invade o coração dos católicos cabenses, que aguardam com grande devoção o início dos festejos a um dos santos mais invocado no mundo inteiro, Santo Antônio de Pádua, este ano o tema reflete o protagonismo dos leigos, vivenciando o ano do laicato, “A exemplo de Santo Antônio, levemos a todos a luz do Evangelho”, a feste vai de 01 a 13 de junho, onde os cabenses celebrarão a 396ª edição da festa do querido padroeiro da cidade, na programação, todas as noites sacerdotes convidados estarão presidindo a Missa em honra do “Doutor Angélico” e logo após a Missa, os participantes terão o momento cultural com barracas típicas e muita animação.

Confira a Programação:
01/06 (SEXTA-FEIRA)
18h30 – Procissão da Bandeira de Santo Antônio, saindo da Residência da Sra. Ana Maria Souza Barros (Rua Major José Paulo, 132, Centro, Cabo de Santo Agostinho), em direção à Igreja Matriz de Santo Antônio, onde haverá a solene Celebração Eucarística e, em seguida, o hasteamento da bandeira, marcando o início das festividades.
Celebrante: Pe. Davi Gonçalves – Pároco da Paróquia Nossa Senhora da Luz – São Lourenço da Mata/PE

02/06 (SÁBADO)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comissão Vida e Família, Pastorais e Grupo santo Antônio da 2ª e 3ª Idade
Celebrante: Pe. Marcelo Silva – Pároco da Paróquia Santa Isabel – Casa Amarela / Recife-PE

03/06 (DOMINGO)
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Conselho Pastoral Paroquial, Coroinhas e Dizimistas
Celebrante: Pe. José Romualdo – Adm. da Paróquia Nossa Sra. do Livramento – Arquidiocese da Paraíba /PB

04/06 (SEGUNDA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comunidades: Nossa Senhora do Livramento, Santa Terezinha, São Judas Tadeu, Santa Luzia, Santo Amaro, Nossa Sra. de Fátima, Sagrado Coração de Jesus, Nossa Sra. de Lourdes.
Celebrante: Pe. Adailton Moura – Vigário Paroquial  da Paróquia São José Operário – Vila Social / Cabo-PE

05/06 (TERÇA-FEIRA)
18h00 – Recitação do Terço.
19h00 – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comunidades: São Miguel, São João Batista, São Francisco, São Benedito, Sant’Ana, Nossa Sra. do Perpétuo Socorro, Nossa Sra. das Mercês, Mãe Rainha e Nossa Sra. da Conceição.
Celebrante: Pe. Tiago Luz – Adm. Paroquial da Paróquia Nossa Sra. Rainha da Paz – Pontezinha /Cabo-PE

06/06 (QUARTA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Animadores de Missão, Juventude Missionária e Infância e Adolescência Missionária. (COMIPA)
Celebrante: Pe. Rogério José – Pároco da Paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho – Ponte dos Carvalhos

07/06 (QUINTA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Poder Executivo, Poder Legislativo e Poder Judiciário.
Celebrante:  Pe. Paulo Augusto – Pároco da Paróquia São José da Boa Esperança – Amaraji-PE

08/06 (SEXTA-FEIRA)
18h– Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Apostolado da Oração, Apostolado da Mãe Rainha, Terço dos Homens e Ministério Eucarístico Jovem.
Celebrante: Pe. Gilson Santos – Adm. Paroquial da Paróquia São José Operário – Vila Social / Cabo-PE

09/06 (SÁBADO)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Irmãs franciscanas do Imaculado Coração de Maria, Ordem Franciscana Secular e Juventude Franciscana.
Celebrante: Pe. Osvaldo Lopes – Adm. Paroquial da Paróquia Cristo Rei – Cohab/ Cabo-PE

10/06 (DOMINGO)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Comissão Catequese e Pastoral da Criança, EJC, Crismandos e Voluntários.
Celebrante: Pe. Pedro Jorge – Capelão do IMIP

11/06 (SEGUNDA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Renovação Carismática, Ministério Jovem Fogo Abrasador, Legião de Maria e Vicentinos.
Celebrante: Pe. Lion Santos – Adm. Paróquial da Paróquia Imaculada Conceição e Santo Antônio-Camela/Ipouca-PE

12/06 (TERÇA-FEIRA)
18h – Recitação do Terço.
19h – Celebração Eucarística.
Noiteiros: Antônios e Antônias e Casais de Namorados.
Celebrante: Pe. José Amaro Neto – Adm. Paroquial da Paróquia de São Miguel Arcanjo – Abreu e Lima-PE

13/06 (QUARTA-FEIRA DIA DA FESTA)
05h – Alvorada Festiva.
10h – Solene Concelebração Eucarística Presidida pelo Arcebispo da Arquidiocese de Olinda e Recife, Dom Antônio Fernando Saburido, OSB.
15h – Missa de Encerramento da Festa presidida pelo Pe. José Paulo – Vigário Paroquial da Paróquia Sant’Ana, Santana do Ipanema – Diocese de Palmeira dos Índios –Alagoas-AL.
Logo após, procissão com a Imagem do nosso querido Padroeiro Santo Antônio, percorrendo as principais ruas do Centro da Cidade. Encerrando com a Bênção do Santíssimo Sacramento.

História - A Matriz de Santo Antônio, está situada no início da Rua Vigário João Batista. É evolucionária da primitiva ermida construída no mesmo local, presumidamente entre os anos 1590 a 1595, pelos habitantes do Arraial que, no decurso de 370 anos, tornou-se cidade. Hoje, cidade metropolitana da grande Recife. Em 1621 já era freguesia de Santo Antônio, ano em que seus moradores enviaram petição ao Bispo do Brasil: Dom Marcos Teixeira. A petição foi deferida em 09 de setembro de 1622, com elevação de Paróquia e como padroeiro: Santo Antônio. A provisão nomeando Vigário Paroquial: o Padre Mateus de Souza Uchôa, na mesma data, o qual já exercia a função de capelão. Desde a data da elevação de Paróquia até 1639, o padre Mateus, desempenhou o seu vicariato com dedicação e amor. Ao longo de seus 396 anos, vários sacerdotes exerceram a missão de pastorear o rebanho de Deus, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Atualmente tem como Pároco, Pe. Valdir Bezerra, contando com 17 comunidades, todas em pleno exercício, inserindo grupos, pastorais, movimentos, COMIPA, JM e IAM sendo cada dia mais, uma Igreja em saída.
Fonte: Adalgiza Santos

SERVIÇO
Evento: Festa de Santo Antônio – Padroeiro do Cabo de Santo Agostinho
Data: 01 a 13 de junho de 2018
Local: Igreja Matriz, situada a Rua Vigário João Batista Nº 08 – Centro do Cabo de Santo Agostinho
Telefone: 3521-9933




segunda-feira, 30 de abril de 2018

2ª Escola Missionária do Vicariato Cabo, acontece domingo, 06 de maio



 No próximo domingo, 06 de maio, animadores de missão de todas as paróquias do Vicariato Cabo (COMIPAs, IAMs e JMs) participam da 2ª edição da escola missionária de 2018, o evento acontecerá na paróquia Nossa Senhora do Bom Conselho, em Ponte dos Carvalhos, de 08 às 12h e refletirá o tema, “Horizontes e Tarefas da Missão”, é aberto também para lideranças das paróquias que ainda não tenham o conselho missionário. Como sinal da alegria missionária, o lanche será partilhado.
Serviço:
2ª Escola Missionária do Vicariato Cabo
Dia: 06 de maio de 2018
Local: Igreja Matriz Nossa Senhora do Bom Conselho – Ponte dos Carvalhos
Horário: 08h às 12h
Ir. Josevânia Alves


396ª Festa de Santo Antônio, será lançada dia 08 de maio



 Com o tema, “A exemplo de Santo Antônio, levemos a todos a luz do Evangelho”, de 01 a 13 de junho os cabenses celebram a 396ª edição da festa do querido padroeiro da cidade, Santo Antônio de Pádua, este ano com muitas novidades, entre elas, no dia 08 de maio, uma terça-feira, será celebrada às 19h na Igreja Matriz, Missa Votiva a Santo Antônio com Benção dos pães, que marcará o lançamento oficial da festa de 2018.  Para este dia, já estão sendo vendidas as camisas temática do padroeiro na secretaria paroquial.

História - A Matriz de Santo Antônio, está situada no início da Rua Vigário João Batista. É evolucionária da primitiva ermida construída no mesmo local, presumidamente entre os anos 1590 a 1595, pelos habitantes do Arraial que, no decurso de 370 anos, tornou-se cidade. Hoje, cidade metropolitana da grande Recife. Em 1621 já era freguesia de Santo Antônio, ano em que seus moradores enviaram petição ao Bispo do Brasil: Dom Marcos Teixeira. A petição foi deferida em 09 de setembro de 1622, com elevação de Paróquia e como padroeiro: Santo Antônio. A provisão nomeando Vigário Paroquial: o Padre Mateus de Souza Uchôa, na mesma data, o qual já exercia a função de capelão. Desde a data da elevação de Paróquia até 1639, o padre Mateus, desempenhou o seu vicariato com dedicação e amor. Ao longo de seus 396 anos, vários sacerdotes exerceram a missão de pastorear o rebanho de Deus, na cidade do Cabo de Santo Agostinho. Atualmente tem como Pároco, Pe. Valdir Bezerra, contando com 17 comunidades, todas em pleno exercício, inserindo grupos, pastorais, movimentos, COMIPA, JM e IAM sendo cada dia mais, uma Igreja em saída.

SERVIÇO
Evento: Missa de Lançamento da Festa de Santo Antônio
Data: 08 de Maio de 2018
Local: Igreja Matriz, situada a Rua Vigário João Batista Nº 08 – Centro do Cabo de Santo Agostinho
Telefone: 3521-9933
Ir. Josevânia Alves



sábado, 3 de fevereiro de 2018

Comissão Arquidiocesana de Pastoral para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial, visita vicariatos



Como já afirma o Doc. de Aparecida, “queremos expressar a alegria de sermos discípulos do Senhor e de termos sido enviados com o tesouro do Evangelho.” Nesta alegria, o Conselho Missionário Arquidiocesano (COMIDI) neste ano de 2018 realiza visita a todos os vicariatos da região metropolitana de Olinda e Recife, onde buscará refletir no encontro com representantes das paróquias da cada região episcopal, a vocação missionária da Igreja e a importância de ter em todas as paróquias o Conselho Missionário Paroquial, para animar a vida missionária de todo o território paroquial, fomentando uma maior articulação missionária numa arquidiocese em estado permanente de missão. A primeira visita do COMIDI aconteceu no último sábado (27) no vicariato Igarassu, onde aconteceu a Primeira Formação de 2018, o próximo vicariato a ser visitado será o Várzea dia 24 de março. A comissão seguirá o seguinte cronograma de visita:
Vicariato Soledade, 24\03, Vicariato Olinda, 26\05, vicariato Cabo, 07\07, vicariato Boa Viagem, 06\10, vicariato Jardim São Paulo, 27\10 e vicariato Vitória, 10\11. Ainda contará com as Escolas Missionária nos vicariatos, conforme cronograma: 1ª Escola Missionária – 10\03, 2ª Escola Missionária – 12\05, 3ª Escola Missionária – 11\08 e 4ª Escola Missionária – 10\11, as escolas terão como referência o documento de estudo da CNBB 108. Também haverá dia 21\07, o encontrão do COMIPAs na Várzea, no dia 25\08 acontece o retiro missionário em preparação para a semana missionária nos vicariatos e de 01 a 07 de setembro será a semana missionária em todos os vicariatos da Arquidiocese de Olinda e Recife.
Ir. Josevania Alves

Missão, uma questão de coração




Como já afirma o Papa Francisco, "A missão e o poder transformador do Evangelho de Cristo, Caminho, Verdade e Vida; a missão e o kairós de Cristo; a missão inspira uma espiritualidade de êxodo, peregrinação e exílio contínuos.” Missão é questão de coração, de paixão pela causa do Reino de Deus e seu anuncio aos povo que ainda não o conhece e nem viveu a experiência do encontro do Ele. Na manhã deste sábado (03\02) aconteceu na praia de Gaibú um momento lindo de cooperação entre paróquias, todas na Missão de levar a Boa Nova de Jesus as famílias daquela comunidade, assim foi que integrantes da Infância e Adolescência Missionária das paróquias de Cristo Rei e Santo Antônio, se juntaram a paróquia de São José Operário, na comunidade de São Pedro – Gaibú para um missão muito especial envolvendo, Crianças, adolescentes, adultos e idosos para juntos falarem do amor misericordioso de Deus pela humanidade. Muitos foram os testemunhos de famílias que receberam a visita de Jesus em suas casas na pessoa da cada missionário. O evento segue até este domingo (04\02) com um dia repleto de atividades encerrando às 17h com a Celebração Eucarística.
Ir. Josevania Alves

quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Santo querido do povo cabense


Já é conhecido entre o povo um velho ditado popular sobre a devoção dos cabenses a São Sebastião, "Santo Agostinho recebe o nome da cidade, o padroeiro é Santo Antônio, mas quem sai na procissão é São Sebastião", por ai dar para compreender a predileção dos cabenses por este jovens soldado de Cristo, que viveu no III século da era cristã e que por seu grande testemunho até os dias de hoje toca profundamente o coração e a vida de devotos e devotas no mundo inteiro. No Cabo, como em tantas cidades do mundo, a devoção ao querido mártir da fé, começou após sua invocação contra uma peste que assolava o Cabo, ficando livre da grande flagelação, a população começou a grande devoção que já somam aproximadamente 200 anos, data de quando chegava sua imagem de Portugal trazida do Porto de Recife para a Igreja Matriz de Santo Antônio - Cabo, em carro de boi.
Este ano (2018) a festa que iniciou dia 18\01, vai até o próximo domingo (28\01) com Missas todas as noites às 19h com transmissão ao vivo pela fanpage da paróquia (ParoquiaSantoAntonioCabo). No dia 28, quando acontece a grande festa, às 10h haverá a Solene Concelebração Eucarística e às 15h outra Missa de encerramento da festa com a Procissão com a imagem do querido Co-padroeiro percorrendo as principais ruas da cidade e retornando a Igreja Matriz para a Benção do Santíssimo Sacramento. Após o encerramento os devotos se confraternização ao lado da Igreja Matriz, onde acontece a praça de alimentação e músicos se apresentarão em homenagem ao querido soldado de Cristo.
Serviço:
Festa de São Sebastião, Co-padroeiro do Cabo
Data: 18 a 28 de janeiro de 2018
Local: Igreja Matriz de Santo Antônio – Centro do Cabo Contatos/ (81) 3521-9933
 Ir. Josevania Alves